terça-feira, 29 de dezembro de 2015

PROMOÇÕES E SALDOS DO FINAL DE ANO

Oi gente!!! Post novo no pedaço! Meu laptop tinha quebrado e eu não gosto de escrever pelo celular. Fica mais difícil para colocar fotos e editar texto, imagens e afins. Além disso juntou com a correria de natal né!? Feliz natal atrasado!!! Esse post tem tudo a ver com o fim de ano e uma coisinha que eu pelo menos adoro fazer, principalmente quando envolve a palavrinha mágica p-r-o-m-o-ç-ã-o: COMPRAS. Aqui antes ainda do natal rolaram algumas promoções leves mas nada comparado com o atual período, o pós natal! Em Porto as promoções tem dia certo para começar. Pelo que andei averiguando na minha "pesquisa de campo" (rs) não são todas as lojas que entram em promoção ou com a melhor promoção no dia 26 por isso temos que nos segurar. Para quem vem para cá nessa época do ano segue mais ou menos o esquema de saldos (como eles chamam a liquidação aqui):

O primeiro a fazer uma boa promoção após o natal é o famoso El Corte Inglês. Ele faz dois dias de promoções antes mesmo das demais lojas entrarem no ritmo dos "saldos".

Algumas lojas acabam colocando promoções nesse período mas se comprar na ansiedade antes do dia 28, a primeira segunda-feira após o natal, você corre o risco de pagar mais caro pelo produto do que nos próximos dias (aconteceu com a gente).

Então chega o famoso dia: 28/12, segunda-feira após o natal: promoção geral! Todas as lojas vermelhinhas com bandeiras de saldos e marcações de descontos. Loucuras e loucuras de filas em lojas como a ZARA, H&M, STRADIVARIUS e por aí vai.

Lógico que tive que aproveitar os saldos né gente. Na verdade confesso que ainda estou ajeitando meu guarda-roupa português. Quando cheguei estava mais calor então comprei na maior parte jaquetas de couro que são mais levinhas e t-shirts bem básicas. Agora quis comprar outros produtinhos mais na onda do inverno (sempre vai existir um motivo kkk).

Algumas das minhas comprinhas:

Bota de cano longo da FOREVA. De 59,90 por 29,95€.


Casaco (na cor bege) da H&M. De 69,99  por 34,99 .


Blusinhas básicas na H&M de 19,99 por 10,99€.



Tirei as fotos dessas peças que comprei dos sites. Confesso que, como disse no início, me embolei nesses dois dias antes do dia oficial dos descontos. Fomos parar no El Corte Inglês e comprei um casaco na "empolgação". Quando vi no dia 28 todas as lojas entrando em promoção pirei e já não queria mais o casaco porque além de ter tantas outras opções comecei a achar que não estava vestindo bem. Fui lá e troquei por outro casaco na cor bege. Dai... quando todas as lojas entraram na "promo" achei esse da H&M que postei ai em cima e gostei muito mais do que o segundo que havia trazido na troca do El Corte Inglês. Resultado: hoje vou lá trocar de novo senão ficarei com dois casacos da mesma cor e não era o objetivo... rs. Para marinheira de primeira viagem das promoções portuguesas acho que estou desculpada. Mas da próxima vez vou aguardar com certeza a promoção oficial.

Quanto aos preços agora que estou recebendo na moeda daqui não fico mais convertendo as coisas porque não faz muito sentido. Não sei se convertendo para real esses produtos que comprei estão muito baratos. Para os preços e moeda daqui fiquei satisfeita com as aquisições.

Espero não passar mais por muitas vitrines irresistíveis nesses próximos dias, meu bolso agradece! rs

domingo, 20 de dezembro de 2015

CUSTO DE VIDA EM PORTUGAL

Quanto custa viver aqui em Porto? Hoje o post é sobre os  gastos básicos mensais para se viver em terras lusitanas. Para quem não sabe o salário mínimo em Portugal é 505€. Moramos aqui há quase três meses e já temos nossas continhas básicas para pagar rs. Para quem chegou agora vale informar que somos um casal e duas filhas caninas logo as contas são para duas pessoas e dois pets. Vamos fazer um resuminho dos gastos médios por mês:

ÁGUA: 25,00 
ENERGIA: 50,00 
ALUGUEL: 320,00 
TRANSPORTE PÚBLICO: 60,00 
TEL/CEL/NET/TV: 60 
SUPERMERCADO: 150,00 


 Gasto básico mensal: 665,00 

No transporte público está o valor de dois passes mensais que custam 30 € cada. A tv, celular, internet e telefone são um pacote com valor fixo mensal caso não se gaste mais do que o estipulado no plano. Supermercado é realmente uma média pois como não fazemos compras mensais e sim de pouquinho em pouquinho esse valor pode variar. A ração das cachorras, por exemplo, compramos em sacos de 15 kg (faziamos assim no Brasil também) então ela dura mais de um mês. Vamos supor que no casal cada um ganhe um salário mínimo: a renda da casa fica de 1010,00 . Vamos arredondar os gastos para 700,00 € por mês. Reduzindo os gastos básicos mensais da renda da casa tomando como base as contas desse post sobram 310,00 € para demais gastos de lazer e pessoais.
Considerem a saúde como sendo a da rede pública.

Lógico que isso é uma grande média. Tomei o salário mínimo como base para termos uma idéia concreta de quanto custam os serviços e afins em relação a ele. O que acharam?
Se tiverem sugestões de assuntos para o blog ou quiserem saber sobre algum tema comentem aqui embaixo! Beijos e até o próximo post!


sábado, 12 de dezembro de 2015

ADAPTAÇÃO DE VIDA EM OUTRO PAÍS

Tive a ideia de fazer um post contando sobre como foi/está sendo a minha adaptação com a mudança de país. Afinal cada um sente de uma forma essas grandes mudanças da vida. Estando há dois meses aqui muita coisa já aconteceu e por isso já temos bom assunto para um post com esse tema. Aqui em casa a adaptação está sendo parecida para toda a família (as cachorras não falam mas parece estar tudo muito bem com elas também rs). Sendo muito sincera posso começar esse post dizendo que me sinto realmente em casa. Desde quando chegamos me senti muito bem acolhida e recepcionada e não percebi um choque cultural muito grande, pelo contrário, acho algumas coisas bem parecidas com as do Brasil e talvez esse seja um dos motivos da facilidade. Acredito que a maior dificuldade no início foi a LÍNGUA mesmo. Ficávamos com medo de usar formas de tratamento erradas e não entendíamos completamente o português daqui por causa do sotaque e de algumas palavras desconhecidas. Mas em pouco tempo isso foi tirado de letra, ainda mais trabalhando que foi quando percebi que posso falar normalmente com as pessoas que elas me entendem e sabem que estou falando "brasileiro" (assim que eles chama nossa língua aqui rs). A COMIDA é especialmente parecida com a do Brasil tanto quanto ao tempero e quanto as opções também. Tudo que como por aqui poderia estar comendo tranquilamente no Brasil. Quanto à TEMPERATURA essa realmente é completamente diferente do que eu estava acostumada no Espírito Santo. Chegamos no outono e agora já é inverno então a temperatura varia em média entre 5 e 18 graus nessa época do ano (dizem que vai ficar mais frio ainda). Mas eu acho uma coisa engraçada: no Brasil eu era muito friorenta, daquelas que assim que batia um ventinho já me encasacava toda. Aqui já não sinto todo esse frio. Minha teoria é de que aqui está sempre frio então é uma constante e você acaba se adaptando à temperatura. No Brasil como estava muito calor quando batia um ventinho diferente o contraste era maior e eu sentia mais essa mudança. Vai saber né, essa é a minha teoria para ter me adaptado bem ao frio rs. Sobre as PESSOAS sempre falo algo nos posts então quem acompanha o blog já sabe que eu adoro o povo português do Porto, são pessoas simpáticas e receptivas. No Brasil eu andava de carro e aqui não temos veículo próprio então toda nossa locomoção é feita com o TRANSPORTE PÚBLICO e ele funciona muito bem (melhor durante o dia). Usamos tanto o metrô quanto o ônibus, os dois para o dia-a-dia são uma maravilha. Quando chega determinado horário da noite demora mais entre um veículo e outro e por isso o tempo de espera se torna maior. Quando queremos sair a noite ainda nos embolamos um pouco pois o metrô nem sempre fica até depois da meia-noite (pelo que entendi só em determinadas épocas do ano) e não sabemos ainda qual o ônibus que temos que pegar para chegar em casa na madruga. Precisamos pesquisar qual é a linha que funciona noite a fora para podermos aproveitar as noitadas portuguesas rs. Já sobre as ROUPAS tive que comprar algumas coisinhas por aqui. Não tinha muita roupa de frio então minha mala realmente não serviu muito para o inverno daqui. Foram compras de luvas, casacos, meias, botas, calças, blusas com manguinhas, pijamas, pantufas e tudo mais relacionado ao frio. Também tive que descobrir meu número na medida europeia né, confesso que errei o tamanho do sapato mais de uma vez  mas agora acho que já descobri meu número certo kkk (O sapateiro me salvou alargando meus sapatinhos apertados por 2). Falando de supérfluos nos BARES daqui as vezes sentimos uma boa diferença comparando com os bares do Brasil, principalmente quanto à maneira de servir os drinks. Isso é porque aqui, pelo que eu percebi, eles não bebem a cerveja talvez num ritmo tão frenético como no Brasil (se é que me entendem). Por exemplo, as vezes pedimos uma comida e uma cerveja mas a cerveja demora um bom tempo para chegar na mesa e muitas vezes tenho a impressão de que se não pedíssemos para já trazerem logo eles levariam a cerveja apenas junto com o pedido da comida. Não sei vocês que acompanham o blog, mas nos bares que nós frequentávamos no Brasil o esquema é chegar, sentar e a cerveja é a primeira a aparecer na mesa haha. Além disso no Brasil eles costumam ter o hábito de sempre oferecer outra e repor a cerveja quando ela acaba, aqui pelo que temos presenciado e percebido eles não tem muito esse "estilo" de beber, é mesmo um pouco diferente. Uma coisa incrível que não posso deixar de falar é a presença da MÚSICA brasileira em Porto! Eu fico de boca aberta quando saímos e o repertório, que é voltado para os próprios portugueses, é sertanejo, axé, mpb e outras músicas brasileiríssimas. Eles cantam e dançam tudo. Acho o máximo! E sobre a SAUDADE dos familiares e amigos a gente sempre tem né, será sempre maravilhoso estar perto dos nossos amores da vida, mas ainda é um tempo tão curtinho que estamos aqui e com tantas novidades e coisas legais acontecendo que ela é um sentimento super tranquilo. Lógico que cooperam para essa tranquilidade a presença do maridinho, das filhas caninas e a existência dos "facetimes" da vida. Mas deixo claro que já estamos esperando visitinhas ok??? rs. Faltou algum assunto que envolve a adaptação? Não me recordo de mais nenhum agora! Saldo muito positivo para a nossa grande mudança.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

TOP 5 VINHOS PORTUGUESES & APP PARA CELULAR

O que falar dos vinhos portugueses?! Confesso que já estamos ficando feras rs. Sempre quando vamos comprar vinho gostamos de variar pois assim vamos conhecendo os sabores e entendendo melhor quais são os que mais nos apetecem hehe. Por falar em avaliação quem ainda não conhece o app "Vivino"? Uso ele sempre que compro um vinho! É um aplicativo para Smartphone super legal. Ele funciona assim: Tiramos uma foto do rótulo do vinho e ele nos traz diversas informações sobre ele. Dentre elas estão a nota do vinho (de 0 a 5), o preço médio, de que região é, as opiniões de quem experimentou e a posição dos vinhos no ranking no país (Brasil) e no mundo. Eu adoro averiguar! 

GOSTO PARA VINHOS

Isso é super pessoal né? Eu por exemplo só bebo vinho tinto então vocês não verão nenhum vinho branco na minha lista. Outra preferência pessoal é pelos vinhos secos, motivo pelo qual não curto por exemplo o famoso "vinho do Porto", ele é super doce. Seguindo esses meus gostos pessoais vou fazer uma listinha dos meus favoritos daqui de Portugal. Esqueci de dizer que o aplicativo "Vivino" também grava os vinhos que você tirou foto em uma "galeria", então se quiser consultar e lembrar de algum vinho que experimentou é só entrar no app e dar uma olhadinha na seção "Meus vinhos". Vamos ao meu Top 5 de vinhos portugueses - contém cinco vinhos que gostei quando experimentei - com informações de valor em real (R$) tiradas do app e informações dos preços cheios daqui de Portugal (digo cheios poque sempre compramos mais barato do que indicarei aqui no post pois costumamos escolher os vinhos que estão na promoção). A ordem é aleatória:

PEGÕES
(Península de Setúbal 2013)

Preço Portugal: 1,79
Preço Brasil: Não indica


MONSARAZ
(Alentejo 2010)

Preço Portugal: 2,99
Preço Brasil: R$ 41,98


MONTE VELHO
(Alentejo 2014)

Preço Portugal: 4,99
Preço no Brasil: R$ 59,00


REGUENGOS
(Reguengos 2010)

Preço Portugal: 2,19
Preço Brasil: R$ 30,10


JP AZEITÃO
(Setúbal 2012)

Preço Portugal: 2,29
Preço Brasil: R$ 30,00


Vou aproveitar para colocar dois vinho que não gostei, que não deram certo com o meu paladar e com o tipo de vinho que curto beber, eles também estão na minha galeria do aplicativo "Vivino":

RECADO
(Douro 2011)

Preço Portugal: 1,89
Preço Brasil: Não indica


ADEGA DE MURÇA
(Douro - não indica ano)

Preço Portugal: 1,80
Preço Brasil: Não indica

(Não encontrei foto da garrafa apenas a caixa com conteúdo de 5l)

Já começo a perceber que meus vinhos favoritos são os da Região Alentejo e Setúbal e que os que menos me agradam são os vinhos do Douro. Para chegar em conclusões mais sólidas acho que tenho que experimentar mais... Dura tarefa mas eu farei esse esforço rsrsrs.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

CNAI - Centro Nacional de apoio ao imigrante

Não tenho falado muito detalhadamente sobre a parte "burocrática" aqui no blog né? Mas precisei fazer esse post para elogiar o serviço do CNAI (Centro de apoio ao imigrante) aqui em Porto. Para variar foi mais um dos lugares onde fomos super bem atendidos e recepcionados. Bom, eu tenho a cidadania portuguesa e vim casada para Portugal. Quando chegamos aqui fomos ao CNAI para saber como daríamos a entrada no reagrupamento familiar (para o meu marido pegar a autorização de residência). Vocês não tem noção de como eles são simpáticos, prestativos e pacientes. A atendente nos deu toda a papelada que precisávamos preencher, marcou todas as áreas que deveriam ser preenchidas por mim e as que tinham que ser preenchidas pelo marido. Tirou dúvidas e lá mesmo ligou para o SEF por nós (Serviço de estrangeiros e fronteiras) para marcar o dia em que o Gabriel deveria apresentar toda a documentação. Falar com o SEF pelo telefone é um pouco dificil e bem demorado então esse favor foi realmente enorme!!! rs. A entrega de documentos foi marcada para o mês seguinte (e essa entrega já ocorreu). Foi tudo muito simples, prático e eles deram um prazo de três a quatro meses para que a autorização saia. É muito bom receber todas as instruções detalhadamente quando se está um pouco aflito com tantas novidades não é mesmo? Quando chegamos ao CNAI haviam vários outros imigrantes em busca de informações ou talvez já para a entregar os documentos. Existem diversos setores lá dentro. Vamos aguardar o documento agora. É muito legal ter um local preparado para receber e informar aqueles que estão chegando no país. Ponto super positivo para esse serviço.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

COMPRA DE SUPERMERCADO E AÇOUGUE

Vamos fazer compras de supermercado?!? Normalmente não fazemos uma compra mensal então vamos ao supermercado esporadicamente comprar o que está faltando em casa. Não compramos tudo no supermercado também, variamos entre supermercado e açougue. Tem uma "casa de talhos" - como eles chamam o açougue aqui - bem do lado de casa e a carne costuma ser bem mais barata lá. O açougue aqui de perto tem outros produtos básicos de supermercado também.Resolvi tirar então fotinhos da nossa última compra. Eu particularmente acho tudo aqui com preços excelentes. Não digo necessariamente convertendo para real, na conversão as vezes fica com preço bom e as vezes nem tanto. Mas de euro para euro, ou seja para quem vive aqui, considero os preços muito legais. Vamos dar uma conferida na compra:

AÇOUGUE

Compramos dessa vez carne moída, frango e mortadela. 

1106 gramas de carne moída: 3,31
Preço da carne moída é 2,99 o kg

1298 gramas de frango: 6,48
Preço do frango é 4,99 o kg

504 gramas de mortadela: 1,96
Preço da mortadela é 3,89 o kg

TOTAL: 11,75



SUPERMERCADO

A compra de supermercado não ficou tão especifica porque tem no "meio" manta e pantufa rs. Não são coisas que compramos normalmente mas como o inverno chegou estamos sempre buscando algo quentinho para usar em casa. Mas de resto é mesmo compra normal de supermercado. Como tem foto da nota vou selecionar alguns produtos para citar aqui embaixo:

Polpa de tomate 1kg: 0,79
Arroz de risoto 1kg: 1,58
Macarrão 500g: 1,10
Coca Cola zero 6 unidades: 3,72
Sabonete Liquido 350ml: 0,69
Papel higiênico 12 unidades: 1,68
Creme de leite 200ml: 0,59
Manteiga 250g: 0,99

Como houve essa inclusão da manta e da pantufa a conta ficou no total de: 44,40. Retirando esses itens extra supermercado usual (tem um super bonder nas compras também mas deixei na lista):

TOTAL: 31,41





Não sei se perceberam mas muitos itens são da marca Continente, ou seja, produtos do próprio supermercado. Eles são sempre mais baratos que os demais e são os que compramos quando dá para optar. Pensando de euro para euro, para os que recebem nessa moeda e vivem aqui, no geral não são preços justos? Eu considero que sim! Adoro quando os produtos custam centavos rs.

domingo, 29 de novembro de 2015

CRISE EM PORTUGAL?

E a tão falada crise hein? Como anda esse temeroso tema por aqui? Quando eu sai do Brasil estávamos mais ou menos no inicio da crise por lá. Na verdade a crise não teve nada a ver com a minha vinda. Eu ainda peguei um pedacinho dela e percebi com tristeza alguns comércios fechando as portas e as próprias donas de lojas comentando que as vendas tinham caído muito e tudo mais. Já vim para Portugal sabendo o mal momento que eles haviam passado aqui na Europa e que eles estavam só agora saindo de uma grande crise econômica que gerou muito desemprego. Como não foi a crise brasileira que me trouxe para cá também não foi a crise portuguesa que me impediu de vir hehe. Pelo que pude perceber e até comparar com o pouco desse momento que vivi no Brasil as coisas estão um pouco ajeitadas por aqui. Na verdade os fatores que observei para chegar a essa percepção foram a busca de vendedores extra natal para as lojas em geral (até citei esse fato no post "Emprego em Portugal") e de fato a quantidade de pessoas passeando e comprando nos shoppings. Há um bom tempo não via uma loja tão lotada como vi a Primark mais de uma vez. Cheguei a pensar que estavam dando coisas de graça kkk. Na Boticário não tem sido diferente. Pessoas comprando bem mesmo, natal com grandes expectativas e o shopping sempre cheio de gente. Além disso não temos notado produtos inflacionados, outro indicativo bastante considerável. Não entendo bem de economia, e esse post nem é para entrar nesse mérito, mas no geral tenho visto todo o comércio com um movimento bem ok comparado com o que eu estava a perceber antes de vir para cá. Muito bom! Que melhore cada dia mais para os dois países. Que essa crise brasileira seja mais breve do que estão prevendo e com duração muito menor do que a que houve por aqui.  Que assim seja!

domingo, 22 de novembro de 2015

EMPREGO EM PORTUGAL

O dia desse post tinha que chegar não é mesmo? Um assunto que gera muitas perguntas e curiosidades tanto para as pessoas que estão vindo para Portugal quando para aqueles que estão na torcida de quem vem. Pois bem, vamos falar de trabalho! Assim que chegamos passamos um mês conhecendo Porto, como tudo funcionava por aqui, e resolvendo várias coisinhas burocráticas como providência de documentos em geral, conta de banco, busca e aluguel da nova morada, compra de móveis, instalação de serviços, etc. Depois da mudança para a nova e definitiva casa foi que começou a busca por emprego. Fiz um currículo seguindo os padrões daqui (pesquisei na internet o formato), imprimi e passei a enviar através da internet e entregar pessoalmente nos lugares que me interessavam. Adivinhem: na minha primeira entrevista quase cai em um pequena furada rs. Logo no dia seguinte ao meu primeiro envio de currículos me ligaram para um entrevista de uma empresa que tinha "marketing" no nome e procuravam jovens pró-ativos e com todas aquelas qualidades buscadas por empresas. Fiquei super empolgada pois pelo nome parecia que era algo na minha área (sou formada em publicidade e propaganda) e para melhorar o lugar era grudado na minha casa nova. Então lógico que fui feliz e contente para a entrevista. Chegando lá era uma sala como essas que ficam embaixo de prédios e uma menina me deu um papel que era praticamente um currículo para que eu preenchesse - achei um pouco estranho visto que eu já havia enviado o meu currículo - porém preenchi animada e esperei a entrevistadora chegar. Assim que ela chegou chamou meu nome e eu entrei em uma salinha para ser entrevistada. Só que eu não fui entrevistada. Ela falou bem rápido, fez um resumo sobre a empresa, disse que era uma empresa onde as pessoas começam em cargos menores mas que existe um plano de carreira e os funcionários vão subindo de cargo na medida do desempenho. No final das contas não tinha a ver com marketing na verdade, era emprego para vender plano de energia elétrica de porta em porta e ganhar por comissão. Ok. Como não falei absolutamente nada na entrevista já fui embora pensando: acho que ela não teve interesse em mim e não me ligarão. Pois mais tarde recebi uma ligação dizendo que havia passado e que no dia seguinte era para ir com sapato confortável que já teria um treinamento "em campo". Foi ai que resolvi jogar o nome da empresa no google e ela acabou aparecendo em um texto de um blog cujo título era alguma coisa de emprego relacionada a "golpe". Comecei a ler e a escritora dizia que algumas empresas aqui em Portugal se aproveitam do fato de que existem muitas pessoas procurando emprego e fazem o seguinte esquema: montam um escritório que nem sempre é fixo num dessas salinhas que eu disse anteriormente e colocam um nome na empresa que remeta a algo na área de comunicação para atrair os jovens. Ela dizia que eles pedem para você preencher o currículo quando chega na entrevista pois na verdade não leram o seu currículo coisa nenhuma. De acordo com ela eles chamam para a entrevista todos que demonstram interesse. Dizia também que esse papo de carreira não é verdade, que as pessoas serão apenas vendedor de porta em porta e que normalmente saem da empresa dentro de três meses. Nesse mesmo post havia uma lista com os nomes das empresas que deveriam ser evitadas e a empresa que me entrevistou foi citada nos comentários. Realmente tudo que eles descreviam foi o que eu tinha passado. Não sei se procede ok? Estou passando apenas o que eu li. Como eu já tinha a informação de que venda de porta em porta comissionada não é muito ideal (pesquiso tudo mesmo rs) comuniquei que não iria no dia seguinte e acabei desistindo desse emprego. Então continuei a enviar currículos e também entregar em lojas de shopping. Nesse meio tempo cheguei a fazer um dia de treinamento em uma loja de cosméticos (produtos muito bons por sinal) onde o método de vendas era o de abordagem. Como tive esse dia para treinar senti que não era muito o meu perfil essa questão de abordar os clientes e pensei que talvez eu não conseguiria render como gostaria. Sendo agora época de natal tem muita loja recrutando vendedoras e por isso acabei tomando a decisão de abrir mão desse emprego que surgiu, que tinha uma equipe muito legal, para tentar em outras lojas que tivessem o padrão de venda com o qual já trabalhei e nas quais acredito que eu possa ter um desempenho melhor. Confesso que fiquei com medinho de ter abrido mão de uma oportunidade e talvez não conseguir outra mas tem horas que precisamos arriscar. Foi ai que entregando mais currículos (entreguei em uns quatro shoppings ao todo) entrei na loja O Boticário. Fui recepcionada pela própria gerente que me disse que dali a uma hora haveria uma entrevista em grupo e perguntou se eu queria participar. Oh My God!É LÓGICO que sim rs. Esperei dar a hora e fui para entrevista. Mais tarde me ligaram para dar a notícia de que eu havia sido selecionada para o extra natal da empresa! Fiquei muito feliz!!! Tudo bem que "extra natal" é só para essa época de grande venda mas é a minha primeira experiência de trabalho em Portugal e em uma empresa que conheço, admiro e tem bastante a ver comigo. Darei o meu máximo para fazer um bom trabalho! Obs: para quem não acompanha o blog vale falar que eu tenho cidadania portuguesa pois pelo que percebi as lojas de shopping costumam "cobrar" a cidadania. É isso! Que esse natal seja frenético e cheio de presentinho da Boticário! :) 

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

MONTANDO A ÁRVORE DE NATAL

Então é natal... Como não amar??? Fiz questão de comprar uma arvorezinha básica e colocar em casa para já entrarmos no clima dessa data tão especial! Na verdade não pesquisei muito sobre preços e afins, fui no google e coloquei: "árvore de natal barata em Porto, Portugal." Apareceu uma mulher que tinha comprado no Continente , supermercado daqui, e logo pensei: é lá mesmo! Esse supermercado tem em vários shoppings e fomos em um bem perto de casa. Tinham algumas opções de árvore então ficamos em dúvida entre duas (as mais baratas). Uma era apenas a árvore e a outra vinha a árvore junto com os enfeites. Como a que vinha com os enfeites era 7,50 euros a mais preferi comprar a sem nada e eu e o Gabriel escolhemos os penduricalhos. Confesso que quase não chegamos a um acordo rs. Eu queria as bolas puxando para o dourado, tinha um kit com vários tons assim, mas Gabriel fez questão de ter vermelho na árvore porque de acordo com ele natal é verde e vermelho... ok rs. Acabamos comprando as bolas vermelhas e uns enfeites douradinhos para todo mundo ficar feliz hehe.

ÁRVORE: 10,00 


KIT DE BOLAS NATALINAS (10 UNIDADES): 2,50 


KIT DE RENAS (6 UNIDADES): 2,00 


KIT DE FLOCOS DE NEVE (6 UNIDADES): 2,00 


Total gasto para montar a árvore: 16,50 €. Amei pois é a primeira vez que monto uma árvore de natal por conta própria e é a árvore do nosso primeiro natal em Portugal! Bem especial!

Todos os itens.

RESULTADO FINAL:

A árvore e o violão: dupla de natal.

Esqueci de falar da manta verde no chão. Na hora de comprar não me lembrei que deixar só o suporte da árvore fica feio mas por sorte nós trouxemos para cá duas mantas verdes bem felpudas nas caixas da Cindy e da Lisa. Elas estavam lavadinhas, inclusive no varal, então recorri a essas mantas. Achei que ficou legal! Agora só faltam os presentes :)


sábado, 14 de novembro de 2015

TUDO SOBRE: CACHORROS NO PORTO

Será que eu gosto desse assunto? rsrs Amo! Gente, vim com tantas expectativas quanto a essa questão de cachorros em Portugal que não tem como não tocar nesse assunto né? Trouxemos nossas duas pequenas caninas para virarem portuguesas e tem sido realmente maravilhoso. Li bastante antes de vir e na verdade não encontrei muitas coisas relacionadas a isso. Havia lido uma vez que em Lisboa as pessoas olham meio estranho para quem tem cachorro e que em Vila Nova de Gaia (Porto) tinham vários cachorros e  por isso nós não teríamos problema. Na verdade não moramos em Lisboa, então não sei dizer sobre lá! Já sobre Vila Nova de Gaia posso dizer algo e isso é o que vou fazer nesse post! Estão ai as minhas percepções que envolvem o mundo canino por aqui:
  • Já disse isso em um dos meus primeiros posts no blog pois foi uma das coisas que me chamou bastante atenção quando cheguei aqui: quantos vira-latas!!! Para não dizer que não vi cachorros de raça, posso afirmar que vi uns cinco em todo tempo que estou morando no Porto. Coloquem seis na conta para caso eu veja mais alguns nos próximos dias hehe. Lógico que não tenho absolutamente nada contra cachorros de raça, muito pelo contrário, mas quanto a essa filosofia maravilhosa de não praticar a venda dessas criaturas, essa sim eu amo absolutamente! Fico muito feliz e pelo que pude perceber é a pratica majoritária daqui.
  • Aproveitando o primeiro tópico vou citar a consequência maravilhosa que ele causa, de encher o coração: não vi nenhum cachorro de rua até hoje aqui em Porto! Lógico que eles existem, já vi até que existem ONGs e tudo mais. Essa era uma coisa que me incomodava muito, me machucava e eu fico imensamente feliz em perceber que por aqui pelo menos esse número é bem reduzido comparado com o que eu estava acostumada. Não tenho palavras para descrever essa sensação.
  • Essa questão que vou citar agora ainda não tenho certeza: coleta de fezes caninas rs. Na nossa primeira morada víamos com certa frequência fezes de cachorros no chão e nas praças, logo percebi que algumas pessoas não coletavam. Aqui na nova morada ainda vejo em alguns lugares apesar de ser com bem menos frequência. Nós já compramos os saquinhos para retirar as fezes das duas "donzelas" (que de princesas nesse assunto não tem nada kkk). Mas vou observar melhor para saber qual o verdadeiro costume por aqui quanto a isso.
  • Para que coleiras? Muitos e muitos, na verdade a maioria dos cachorros, andam sem coleiras. Vão se achando na frente dos donos e donas, na maior esperteza e educação. Hoje mesmo eu estava em um ponto de ônibus e um cachorro grandão passou lindo e contente, deu uma cheiradinha em todos que estavam no ponto e continuou crente que é gente o seu passeio, soltinho. Logo depois, um pouco distante, veio o seu dono com a coleira dele na mão. Esse cachorro já é meu conhecido pois fica sempre amarrado na porta da padaria que tem aqui perto de casa esperando seu dono tomar um cafezinho e ler o jornal do dia. Uma graça.
  • Por falar em amarrar cachorros, as pessoas também fazem muito isso aqui. Levam o cachorro para a lanchonete, padaria ou restaurante e os deixam amarrados ou soltos do lado de fora. Eles esperam seus donos na boa. Já tinha visto muito disso (e dos passeios sem coleira) no Rio de Janeiro também e achava o máximo.
  • Já estamos pesquisando sobre hotel para cães. Quem sabe não temos futuramente oportunidades de viajar não é mesmo? Essa semana me ligaram de um e já posso passar alguns dados: O preço da diária por cachorro é 12,50 euros. A senhora que me ligou disse que é uma grande casa com quintal que pertence a um senhor e uma senhora que possuem cachorros. Eles fazem uma parceria com o petshop que frequentávamos na outra morada e hospedam cachorros em sua residência. Os cachorros dormem todos juntos (não existem boxes) e eu particularmente amo isso porque Cindy e Lisa não são acostumadas a dormir separadas e muito menos presas em grades, por isso adoro esse esquema. O hotelzinho não fica na nossa cidade então caso eu queira que eles busquem as duas me custa mais 4 euros. Não é baratinho todo o pacote né? Mas me passou muita confiança. Eles ainda marcam visita antes da hospedagem e tudo mais. Bom saber!
  • No petshop que tem ao lado da nossa casa existe uma plaquinha escrito: gatos para adoção. Achei legal! O que me vem a mente é que eles pegaram esses gatinho na rua e colocaram por vontade própria para adoção ou que disponibilizaram o local para alguém que pediu esse espaço. Lindos os gatos tá? Nem olho muito para não me apaixonar rs.
  • Teve a descoberta dos cachorros no metrô também! Quem acompanha o blog deve ter lido sobre isso no post da mudança de apartamento. Mais um ponto super legal esse dos animais poderem usar normalmente o transporte público (nossa única opção pois não temos carro próprio). Os funcionários só pedem para no caso do cachorro ser grande que o dono coloque uma focinheira, assim não assusta os demais passageiros. Meu marido viu um super Pit bull andando de metrô, demais né? 
Tentando educar nossas brasileirinhas a se comportarem como portuguesinhas rs Tem dado certo :)



terça-feira, 10 de novembro de 2015

ESTILO: MANEIRA DE VESTIR EM PORTUGAL

Estilo, roupas, acessórios... Lógico que não tem como não observar não é mesmo?! Sem contar com o fato de que metade das roupas que trouxe na minha mala nunca sairão de dentro dela rsrs. Meu amigo já tinha me alertado: não leva muita coisa porque chegando lá o estilo vai ser outro e você vai acabar não usando. Eu super concordei mas na hora de me despedir das roupas acabei enfiando na mala algumas que não precisava. Conclusão: esperando mamis me visitar pra levar pra mana no Brasil :). Então, essas são as minhas percepções (óbvio kkk) e da estação de outono - única estação que peguei aqui por enquanto. Como não tenho ido a lugares super badalados as percepções são mais do dia-a-dia mesmo, metrô, rua e "bares". Vamos para o top list dos estilos:

  • As calças jeans, conhecidas como "calça de ganga", são de cintura super alta e extremamente justas! Bota justo nisso. Acho lindo, perfeito, meu número.

  • Cropped top: você vê muitas meninas usando calça alta e cropped top com barriguinha de fora. 

  • Não observei muitas mulheres com brincos grandes. Só brincos pequenos ou sem brinco. Tenho aderido o "sem brinco" mas é sem querer mesmo, vou observar mais a questão dos acessórios.
  • Tenho reparado cabelos naturais, ondulados e muito bonitos. 
  • Muitos adolescentes se vestem com um estilo bem "street": calça caída, bonés, mochilas... 

  • Mesmo que o sol abra só vi uma menina com sapato aberto (rasteirinha) no outono . A maioria em peso só usa tênis, botinhas, sapatos fechados e afins. 

  • Vejo muita unha em gel. Muitas usam e as vezes elas são bem pontudas.

  • Pelo fato da temperatura ser meio instável  (chove, para de chover, faz calorzinho, faz frio) não importa se está um dia ensolarado, no geral as pessoas sempre estão com casaquinhos e lenços em um estilo mais invernal.

  • Acho que não vi ninguém até agora com batons mais coloridos na boca, mas como disse não tenho saído para lugares mais badalados, de "night" mesmo, onde as produções costumam ser mais pesadas.
  • Também não vi muita cor nas roupas (o que amo demais porque é bem meu estilo, apesar de achar cores e flores super lindo nas outras pessoas). A maioria das pessoas que vejo, nessa época de outono, se veste muito com cores neutras.

  • Vi muitas sobrancelhas mais para o natural do que para super marcadas.
Acho que é isso! Estou amando o estilo! Com certeza no inverno terão novidades, mas mais ainda na primavera e no verão. Como as estações são bem definidas por aqui já fiquei sabendo que muda tudo! Ansiosa para observar hehe.

sábado, 7 de novembro de 2015

CONHECENDO AVEIRO

Meu primo André está aqui em Porto visitando as filhotas que moram por esse lado daqui. Ele alugou um carro e fizemos juntos uma viagem deliciosa para conhecer Aveiro, cidade próxima de Porto. É uma cidade bastante turística e bem gostosa de se visitar:

  •  O principal passeio é o no barco Moliceiro, são barquinhos lindos, pintados a mão com temas religiosos e temas de duplo sentido (esses são os mais engraçados), que rodam a cidade enquanto um guia conta um pouco sobre a história do local. No nosso passeio um casal entrou no barco com uma cadelinha médio-porte e ela passeou com a gente o tempo todo solta, aprendendo tudo sobre Aveiro rs. Cachorros em passeios turísticos para mim foi novidade! Ninguém se incomoda, para eles parece ser bem natural.

"A menina pode me dar o seu pacote?" Um dos Moliceiros.

Nossa "cãopanheira" no barquinho.

  • Além do passeio tem pontes lindas na cidade. Tem uma em especial que é a ponte do laço, ao invés de cadeados (que são muito pesados) os casais colocam fitinhas para simbolizar o amor.

Ponte do Laço (internet).

  • A cidade tem um doce típico chamado: Ovo Mole. É uma massa branca fina que envolve uma "pasta" de ovo doce. Experimentamos mas ninguém se apaixonou. O meu primo pediu depois do experimento uma bomba de chocolate todo feliz porém quando mordeu era toda de ovo mole por dentro. É muito ovo pra nossa cabeça rs. Mas vale experimentar, muita gente adora!

Ovo mole (internet).

  • Almoçamos em um restaurante muito legal da região, O Batel. Quem come lá ganha 10% de desconto no passeio de barco. Aproveitamos a oferta :) Obs: Enquanto almoçávamos só tocou MPB brasileiro.

Bacalhau à Batel.

Arroz de Mariscos.


Vale apena conhecer Aveiro! Achei bem romântica! Quero voltar!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

ALIMENTAÇÃO EM PORTUGAL

Tava faltando falar sobre a minha experiência com as comidas em Porto. Sobre o preço eu já falei no post das "Primeiras impressões", neste eu quero falar mais sobre os costumes e os pratos principais daqui. É muito interessante, apesar da comida ser bem próxima da comida do Brasil os costumes são um pouco diferentes:
  • Aqui eles usam muito o "MENU" que significa um combo. Em vários lugares eles dão um preço único para esse combo que inclui a entrada = sopa, a refeição = prato do dia, a bebida e o café para finalizar. Alguns menus ainda incluem a sobremesa.
  • Noto que as pessoas por aqui tem o hábito de jantar. Elas saem a noite e sentam para bater um "pratão" mesmo, digo pratão porque os pratos daqui costumam ser bem grandes.
  • A maioria das vezes que você senta em um lugar e pede seu prato eles colocam na mesa uma entrada a parte, normalmente pães, mas já aconteceu de ser azeitona e rissóis (salgadinhos). No inicio não sabíamos se aquilo estava incluído na refeição, mas não, é a parte mesmo. Eles colocam na mesa e se você comer eles cobram (é baratinho).
  • Os cardápios em geral tem uma "base" que é sempre bem parecida, que são comidas típicas daqui. Entre elas estão: 
FRANCESINHA
 (um tipo de carne coberta por queijo derretido e com um molho específico - pode vir com ovo e batatas-fritas também);
PREGO NO PRATO 
(carne que vem com ovo, queijo, presunto acompanhando normalmente de batatas-fritas ou arroz);
RISSÓIS
 (salgadinhos);
FIAMBRE
 (presunto servidos de entradinhas);
SOPA
 (que eles costumam comer de entrada);
CACHORRO
 (o famoso cachorro quente);
ALHEIRA 
(um tipo de linguiça recheada geralmente com aves);
TOSTA
 (nosso famoso queijo ou misto-quente).
Esses foram os que me vieram a cabeça agora...
Além de opções gerais de carne, peixe, massas, entre outros.

  • A cerveja tem nomes diferentes. Ao invés de pedirmos um chopp pedimos um fino, um príncipe ou um rei. Essa é a ordem crescente de tamanho da tulipa. Também existem canecas enormes.
  • Todos param nos restaurantes para beber apenas um cafezinho. Isso é um costume bem forte.
Tirei fotinhos de alguns pratos individuais. Reparem nos tamaninhos:

Sopa de legumes

A famosa Francesinha

Prego no pão (opção ao invés de prego no prato).

Bacalhau à Braga

Picanha
 Hummm.. Deu fome! 

sábado, 31 de outubro de 2015

MUDANÇA DE APARTAMENTO

Finalmente chegou o dia de mudarmos para o apartamento definitivo!!! Viva! Esse é um viva muito alegre mesmo rs O apartamento que alugamos no AirBnb apesar de ter nos ajudado demais da conta por ter uma localização maravilhosa (pode-se dizer que foi perfeito enquanto precisávamos) era bem pequenino, mais ou menos um quarto com banheiro e cozinha acoplados. Então a cena era uma cama grande (que na verdade comecei a ficar na dúvida se ela era realmente grande ou o "ape" que era pequeno demais rs), e o banheiro das nossas pequenas caninas - vulgo jornais - exatamente grudado nela, pensem! Uma coisa que com o tempo se tornou uma cadinho desagradável. Então viemos literalmente correndo para a nova morada. Aqui em Portugal é engraçado porque quando você aluga um apartamento você tem que ir até a empresa de água e luz fazer o contrato no seu nome e só depois é que eles instalam os dois (no Brasil normalmente quando alugamos a gente apenas troca o nome para o do novo responsável, não desinstalamos e depois instalamos de novo). Então fizemos esses contratos, junto ao de telefone, internet e tv e esperamos os dias marcados para as instalações. A água não precisa da nossa presença, eles "ligam" pelo lado de fora do prédio mesmo, já a energia e a internet nós temos que estar no local. Então marcamos tudo que precisava da nossa presença para o mesmo dia e fizemos a missão da mudança. Mas tem outro detalhe diferente daqui: alguns apartamentos não possuem os suportes de lâmpadas instalados, só tem fios saindo no teto. Vários que visitamos eram assim,  inclusive o nosso, então penso que quem se muda traz tudo e depois leva tudo que tem, inclusive os suportes. Como realmente não queríamos ficar mais no apartamento pequeno trouxemos tudo de vez e estamos aqui, com todos nossos pertences, energia, internet, televisão massss... não temos luz! Acabou ficando tarde para o eletricista ligar os suportes aos fios no mesmo dia em que a energia foi instalada, logo não tem como colocarmos as lâmpadas.Ou seja, acho que vai ter que rolar um final de semana à luz de velas - romântico, só que não rs. Já sobre trazer as cachorras da antiga para atual morada estávamos preocupados pois agora estamos em outra cidade que fica separada do centro de Porto por uma ponte. Mas a boa notícia é que aqui os cachorros andam de metrô. Quando é pequeno porte pode ir no colo, quando é maiorzinho e vai no chão eles indicam que coloquem uma focinheira para não espantar ninguém que esteja por perto. Optamos por levar no colo, que maravilha isso! Acho que era um dos meus grandes desejos poder carregar elas em transportes públicos, isso é muito legal! Já as bagagens todas vieram em outra viagem com o Gabriel de táxi. Era muita coisa, até cogitamos metrô mas iam dar várias viagens para ele sozinho, afinal eu tinha que ficar em casa por causa das instalações. Ufa, enfim "mudados".Viva a nova morada!

Algumas fotinhos da praça que tem aqui do lado, amamos praça para soltar as duas nos passeios:








segunda-feira, 26 de outubro de 2015

COMPRAS NA IKEA

Como escrevi no meu último post, estamos prestes a nos mudar para o novo apartamento. Êeeeee. O "ap" que alugamos não está mobiliado e acabou que preferimos assim pois além do aluguel ficar mais barato não corremos o risco de Cindy e Lisa estragarem um sofá alheio, por exemplo, como fizeram com o do nosso apartamento no ES. Por isso, o segundo passo foi: compras na Ikea. Essa parte é com certeza mais legal do que procurar o apartamento para alugar rs. Demos uma super sorte pois exatamente na semana em que assinamos o contrato da nova moradia a Ikea estava com saldos, ou seja, da-lhe promoção! Não perdemos a oportunidade e tiramos o sábado para isso. A loja fica em um shopping um pouquinho distante do centro do Porto, o Mar Shopping, em Matosinhos. Mas é super prático para ir pois o próprio shopping disponibiliza ônibus gratuito para nos levar até lá. Pegamos um metrô até o local da onde saem os ônibus - na Casa da Música - (sai o dia inteiro de meia em meia hora) e partiu compras. Gente! Fiquei realmente de boca aberta com os preços, eles sempre me deixam muito felizes por aqui rsrs. Passamos 4 horas na loja escolhendo e pegando os produtos. Para quem não sabe na Ikea o esquema é "self-service", você é quem pega tudo incluindo as coisas grandes como armários, camas etc. Tudo encaixotado, lógico. Vale uma dica: antes de irmos eu fiz uma lista no site da loja com todos os produtos que nós queríamos comprar, isso ajudou imensamente. Se não fosse a lista aposto que essas quatro horas de comprinhas iriam dobrar. A loja é imensa, tem muita opção e a gente fica perdidinho na hora de escolher. Tirei foto de alguns móveis, das coisas menores não tirei mas como tenho a notinha vou escrever aqui embaixo uma listinha com preços de alguns itens para vocês terem uma idéia.

  • Conjunto de 6 copos de vidro: 2,99
  • Escorredor para pia (plástico): 1,50
  • Frigideira: 3,50
  • Prato de jantar (vidro): 0,50 cada
  • Faqueiro 24 peças aço inox: 19,99
  • Caneca de porcelana: 0,79 cada
  • Conjunto de três panelas inox: 9,99
Seguem algumas fotinhos também:

Os carrinhos na reta final.

Conjunto de mesas e cadeiras 69,95

Cômoda 59,90

Sofá moderninho 79,90



Estamos super ansiosos para a mudança!

ALUGAR IMÓVEL EM PORTUGAL

Mais uma nova etapa concluída: o aluguel da nossa nova moradia! Tenho muito a elogiar e isso é engraçado. Antes de vir pesquisei bastante na internet como alugar um apartamento por aqui e li e ouvi mais de uma vez que era complicado, que os corretores não eram bons e que demorava um tempo legal até conseguir arrendar (como eles dizem aqui) um apartamento. Porém tivemos uma experiência completamente diferente! Usamos apenas o Imovirtual para selecionar os apartamentos que queríamos vistar. Em uma noite mandei e-mail para todos os imóveis que nos interessaram e pronto. Fomos dormir, no outro dia desde cedo meu celular já estava tocando. Nos ligaram em média uns oito ou mais corretores para marcar visitas, inclusive para aquele mesmo dia. Alguns nos encontraram no lugar da visita outros muito gentis nos pegaram de carro e nos levaram até o local. Todos com boa vontade e simpáticos. Adoramos um apartamento, ligamos para o corretor e falamos que estávamos interessados em fechar o contrato, porém, nos foi informado de que não poderia animais e então tivemos meio que "recomeçar" a pesquisa de novo. Mandamos mais alguns e-mail para uns imóveis que ficaram de "feedback" e mais uma vez nos retornaram rapidamente. Mais algumas visitinhas e tínhamos escolhido o nosso novo apartamento. Dessa vez fui mais espertinha e já perguntei no primeiro contato se podia animais domésticos, logo esse não seria um problema. Na hora de fechar o contrato como não temos alguns documentos necessários, por exemplo: imposto de renda de Portugal, fiador e contrato de trabalho, foi proposto uma caução como garantia e assim foi feito. No final das contas a senhoria (proprietária) do apartamento ficou com três meses de caução mais dois meses de aluguéis adiantados - esses dois meses adiantados já são o padrão daqui mesmo. Final feliz! Ainda tenho que contar que o corretor quis nos ajudar e nos levou, sem nenhuma obrigação, para fazermos o contrato de luz e o de água. Estamos muito agradecidos pela gentileza.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

ESTÁDIO DO DRAGÃO

Experiência muito legal! Principalmente para o meu maridinho rs. Fomos conhecer a sensação de assistir a um jogo da Champions League lá no famoso Estádio do Dragão! Era o time do Porto - nosso novo time do peito - contra Maccabi Tel-Avivi, time de Israel. Vamos por tópicos:


  • O estádio fica na estação de metrô "Estádio do dragão". Por isso fica super fácil de chegar!
  • Como chegamos cedo deu tempo de conhecer tudo em volta. Existe no próprio estádio um "bar/lanchonete", uma loja do time do Porto e muitos ambulantes vendendo acessórios, comidas, etc. Tudo do lado de fora. O preço da cerveja no bar é 1,50, dos cachecóis na loja (oficiais) 10,00 e na rua de 5,00 a 7,50€.
  • A camisa oficial do time do Porto custa em média 75,00, uma grande fortuninha né? Gabriel optou pelo cachecol oficial, que comprou na loja, para se sentir um torcedor de verdade :)
  • Existem cambistas vendendo ingressos bem mais baratos na porta mas optamos por comprar na bilheteria mesmo.
  • Pagamos 20,00 por cada ingresso. Compramos na hora e pedimos o mais barato. Ficamos lá na última fileira. A vista é boa e acho que vale muito a pena.
  • Super importante para nós, cervejeiros: Não vende cerveja com álcool dentro do estádio e o mais engraçado, a única pipoca que vende é doce. Até agora não tenho explicação para isso hehehe. Mas lá dentro vendem sanduíches também para os amantes de salgado.
  • Tirando o espaço reservado para os torcedores fervorosos que levam bandeiras e muito gogó, todos os demais torcedores não emitem muitos sons. Levantam para festejar apenas quando sai um gol e aplaudem muito as jogadas durante o jogo inteiro. Não ouvi um xingamento vindo da torcida (comparando com o Brasil, pensa rs).
  • Na saída resolvemos ir embora 1 minuto antes de acabar, porque vimos as pessoas levantando e pensamos: o metrô vai lotar! Dito e feito rs. Foi uma ótima escolha, voltamos sentadinhos.


Acho que é esse meu resumão! Muito gostosa essa experiência. Irão existir as próximas com certeza. Talvez com um aquecimento básico antes, regado a cervejinha, já que lá dentro não vende rs.

O ingresso.

Estádio do dragão.

Nós! Chegamos cedo, por isso está vazio.Ma depois lotou!